capa_mulheresqueli.png
título-07.png

Livros são meios de transporte para outras realidades.

Ler mulheres é uma forma de buscar reconhecimento para outras narrativas que servem como contraste ao que é sempre difundido na nossa sociedade: ler em sua maioria, autores homens.

O Mulheres que Li é um canal consciente da realidade ao seu redor. Trabalho diversos tipos de linguagem, seja por meio de fotos, textos, infográficos ou vídeos, explorando a grande diversidade de narrativas existentes do ponto de vista feminino. O perfil integra todos que se interessam pelo conteúdo de forma que valorize as vozes femininas e

feministas - apoiando o trabalho conjunto por igualdade dentro da sociedade.

O Mulheres que Li foi criado por mim em 2019 e conta atualmente com 15,5k seguidores. Adepta do slow content, busco integrar meu conhecimento adquirido através da literatura como uma forma de exercitar meu papel social, um projeto paralelo que veio para ficar.

1/1